Em destaque

• Despacho n.º 779/2019 

(Define as prioridades de formação contínua dos docentes, bem como a formação que se considera abrangida na dimensão científica e pedagógica)

• Despacho n.º 6851-A/2019

[vem alterar o despacho 779/2019, considerando que as ações de formação realizadas sobre os conteúdos regulados nos números 1 e 4 do artigo 3º, no período compreendido entre 1 de setembro de 2016 e 31 de julho de 2020 são

excecionalmente consideradas como efetuadas na dimensão científico -pedagógica de todos os
grupos de recrutamento, independentemente do disposto no nª 2.] (ver o ponto 5, do artigo 3° do referido despacho). 

CERTIFICADOS DE

AÇÕES DE FORMAÇÃO

Levantamento dos certificados das seguintes Ações de Formação acreditadas pelo CCPFC e com processo de avaliação, classificação e validação concluído: 

Torna-se público que se encontra encerrado o processo de avaliação, classificação e validação das acções em baixo enumeradas.

Mais se informa que os formandos poderão consultar o processo e o resultado da avaliação/classificação obtido nas formações no CFAE Braga/Sul e que deverão proceder ao levantamento do respectivo certificado de formação no Centro de Formação de Associação de Escolas Braga/Sul, com sede na Escola Secundária D. Maria II.

Lista de Acções

C1 - "Técnicas Base de Ginástica na Escola II" 

C2 - "A modalidade de Bicicletas Todo Terreno no Desporto Escolar"

O1 - "Educação para a cidadania: do enquadramento às práticas"

O2 - “II Colóquio Internacional Maria Ondina Braga: Viagens e culturas em diálogo"

O3 - "Aprender a Ler e a Escrever”

O4 - "Oficina de Formação Educação em Empreendedorismo"

O5 - "Quais os desafios atuais na escola? Mudanças, exigências e responsabilidades na demanda da comunidade escolar/educativa – Ciclo de Encontros Temáticos das Sextas Ao Centro"

O6A – “Estratégias de ensino e flexibilidade curricular: o papel do

coensino e do feedback” 

O6B – “Estratégias de ensino e flexibilidade curricular: o papel do coensino e do feedback”

O7 - "Aprendizagem da Leitura e da Escrita”

O8 - "Coadjuvação na sala de aula: Trabalho colaborativo entre pares”

O9A e O9B - "Formar leitores com o apoio da biblioteca escolar”

O10A e O10B - "Aplicação Escola 360 - Sistema integrado de gestão dos processos de aluno desde a educação pré-escolar ao ensino secundário"

O12 - "Dispositivos móveis na biblioteca"

O11A - "eTwinning: do registo à elaboração de um projeto"

O14A e O14B - "Orientações  Curriculares para as Tecnologias da Informação e Comunicação no 1º Ciclo do Ensino Básico"

O15A e O15B - "Prevenção de acidentes, Primeiros Socorros e Suporte Básico de vida em meio escolar"

O16AO16BO16CO16D O16E,   O16F - "Referencial de Educação para a saúde"

 

O17 - "Capacitar os docentes a desenvolver competências de reflexão e de intervenção facilitadoras de uma escola inclusiva"

O18 - "Caleidociclos para a construção de ideias no processo artístico"

__________________

Levantamento dos certificados das Ações de Curta Duração com processo de avaliação, classificação e validação concluído:  

Torna-se público que se encontra encerrado o processo de avaliação, classificação e validação das acções de Curta Duração em baixo enumeradas.

Mais se informa que os formandos poderão consultar o processo e o resultado da avaliação/classificação obtido nas formações no CFAE Braga/Sul e que deverão proceder ao levantamento do respectivo certificado de formação no Centro de Formação de Associação de Escolas Braga/Sul, com sede na Escola Secundária D. Maria II.

Lista de Acções de Curta Duração com processo de avaliação, classificação e validação concluído

- SEXTAS DESIGUAIS - Caminhos para a definição de critérios de avaliação em contexto de autonomia e flexibilidade curricular

 

- Dominios de Autonomia Curricular (DAC) nos 2.º e 3.º Ciclos - Vamos «fazer rede»?

- Os Domínios de Autonomia Curricular como uma opção curricular: potencialidades e desafios

- Aplicar sinergias para o sucesso das aprendizagens no 1.º ano

- Aplicar sinergias para o sucesso das aprendizagens no 7.º ano

- Avaliação das aprendizagens em contexto de autonomia e flexibilidade curricular

 

- Conceção de uma narrativa de cenário de ensino e de aprendizagem

- Domínios de Autonomia Curricular no 1.º Ciclo - Vamos «fazer rede»?

- Nearpod: criação de conteúdos digitais e interativos

- Aglutinar sinergias de e para as aprendizagens no 1.º ano

- Aglutinar sinergias de e para as aprendizagens no 5.º ano

- Aglutinar sinergias de e para as aprendizagens no 7.º ano

- Autonomia e Flexibilidade Curricular como oportunidade de construção de uma escola para todos

- Domínios de Autonomia Curricular  - Desafios e oportunidades

- Domínios de Autonoima Curricular no 1º ciclo: Desafiosne oportunidades

- Aprendizagens Essenciais no Contexto de Projetos de Flexibilização e Inovação Curriculares

- Para o desenvolvimento de uma educação inclusiva

- Educação Inclusiva: Decreto-Lei nº54/2018, de 6 de julho  

- Ilustração e Animação. Da Pedagogia à Prática

- Ensino do Golfe na Escola

- Avaliação das Aprendizagens

- Workshop I - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal

- Workshop II - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal

- Workshop III - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal

- Golfe na Escola - Ensino e prática da modalidade

- O ensino na era digital: aprender com ajuda de software livre

- Arte Comunitária. Modelo para criar um espetáculo comunitário

- Inclusão através da Arte e do Design

 

- Domínios de Autonomia Curricular  como uma das opções curriculares no 3º ciclo: potenciais problemas e possíveis soluções.

- Domínios de Autonomia Curricular  como uma das opções curriculares no 1º ciclo: desafios e oportunidades.

- Domínios de Autonomia Curricular  como uma das opções curriculares no 2º ciclo: desafios e oportunidades.

- Domínios de Autonomia Curricular  como uma das opções curriculares no 3º ciclo: desafios e oportunidades.

- Tecnologias móveis na educação. Enquadramento teórico. Apps para a Educação.

- Avaliação e qualidade das aprendizagens.

- D. Maria II: uma rainha e um povo no seu labirinto entre o passado e o futuro.

- desafios da escrita.

__________________

Temos a honra de divulgar abertas as inscrições para a Ação de Curta Duração, a saber, “Neurociência, Integração Sensorial, Atenção/Emoção - Os sentidos e as emoções no sucesso Escolar”. Dada a importância da temática versada e a qualidade dos oradores presentes, aconselhamos vivamente a sua inscrição em https://www.centrus4.com/cfaebragasul/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Designação da ACD: Neurociência, Integração Sensorial, Atenção/Emoção - Os sentidos e as emoções no sucesso Escolar

Dia:  23 de novembro (sábado)

Horário: das 09h30m às 12h30m

Duração: 3 horas

Destinatários: Educadores e Docentes  de todos os grupos de recrutamento

Local: Auditório do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian

Formadores:

 

- Prof. Doutor Francisco Gonzales Garcia (Departamento de Cirurgia, Universidade de Santiago de Compostela e Serviço de Oftalemolologia , CHUS)com a intervenção sobre “Visão, Propriocepção e Perceção Espacial”;

 

- Prof. Drº Maria Filomena Ribeiro da Fonseca Gaspar (Licenciada e Psicologia e C. da Educação pela Universidade de Coimbra) com a intervenção “Reconhecimento das Emoções”;

 

- Drª Ana Paula Pinto de Azevedo (Diretora do Centro Neurosensorial de Braga), com a intervenção “Redes Atencionais, um processo dinâmico de Aprendizagem).

 

Ana Paula Vilela(

Diretora do Centro de Formação BragaSul)

____________________________________________

 

PLANO DE FORMAÇÃO 2019-2020

 

O Plano de Formação 2019-2020 que aqui se apresenta contém as informação das ações acreditadas pelo Conselho Científico Pedagógico e submetidas a financiamento ao POCH a realizar durante o corrente ano letivo pelo CFAE Braga/Sul 

Da totalidade das ações apresentadas, abriremos, brevemente e de forma faseada, as inscrições para as respetivas ações de formação com os respetivos cronogramas.

Clique aqui para aceder ao Plano de Formação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMPORTANTE  - REQUERIMENTOS PARA OBSERVAÇÃO DE AULAS

 

Requerimento 1 para observação de aulas -  este requerimento destina-se unicamente para o cumprimento do requisito de “observação de aulas” a decorrer no 1º período, de acordo com o estipulado no nº 4 da Nota Informativa de 07/06/2019.

 

Requerimento 2 para observação de aulas - Mantém-se o antigo requerimento para observação de aulas como parte integrante da avaliação do desempenho dos docentes ao abrigo do Decreto-Lei nº 26/12, de 21 de fevereiro e do Despacho Normativo nº 24/2012, de 26 de outubro.

 

A Diretora do Centro de Formação BragaSul,

 

Ana Paula Vilela

_________________________________

URL: http://www.cfaebragasul.com

Email: cfbragasul@gmail.com

Ação de Curta Duração - SEXTA DESIGUAL

Caminhos para a definição de critérios de avaliação em contexto de autonomia e flexibilidade curricular

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Certos que a avaliação das e para as aprendizagens é o cerne do sistema de educação e que é através deste subsistema que se  alavancam as mudanças que se requerem para a escola, propomos uma Sexta Desigual onde as escolas possam debater as grandes preocupações relacionadas com esta problemática, nomeadamente, critérios de avaliação, indicadores, etc…  Esta Ação de Curta Duração (ACD) foi requerida por quase todas as escolas associadas e é de extrema importância para preparar com responsabilidade o próximo ano letivo. Esta ACD vai ser orientada pela  Drª Antonieta Lima Ferreira, Adjunta do Gabinete da Secretaria de Estado da Educação.

 

Nesse sentido, cada Agrupamento de Escolas deve enviar8/9 docentes de entre os elementos da Direção do AE e, principalmente, de entre os docentes que fazem parte da gestão intermédia dos AE, a saber, Coordenadores de Departamento e dos Diretores de Turma, para que possam, com segurança, orientar os colegas para o próximo ano letivo.

 

Designação da ACD: "SEXTAS DESIGUAIS - Caminhos para a

definição de critérios de avaliação em contexto de autonomia e flexibilidade curricular”

Cronograma: dia 7 de junho de 2019

Duração: 3 horas

Horário: das 17h30m às 20h30m

Destinatários: Docentes  de todos os grupos de recrutamento (elementos da Direção dp AE, Coordenadores de Departamento e dos Diretores de Turma

Local: Escola Secundária D. Maria II.

INSTRUÇÕES PARA PROCEDER À SUA INSCRIÇÃO NAS AÇÕES DE CURTA DURAÇÃO (ACD). 

1. Para proceder à sua inscrição deve, em primeiro lugar, registar-se na plataforma do Centro de Formação Braga/Sul, fazendo LOGIN, caso ainda o não tenha feito. O segundo passo é inscrever-se na ACD.

2. Para efetuar o seu registo na plataforma (caso ainda o não tenha feito), carregue no seguinte link e preencha os campos na qualidade de “DOCENTE”, procedendo ao LOGIN: https://www.centrus4.com/cfaebragasul/

3. Para proceder à inscrição na referida ACD, no canto superior direito (na barra de cor azul turquesa) aparecerá o seu nome, onde deverá clicar, aparecendo depois a indicação de “Ações de Curta Duração”. Procure a ACD " Avaliação das Aprendizagens”,  passe o cursor por cima da imagem e Clique em “VER AÇÃO” onde constam todas as restantes informações referentes à ação.

Depois, onde diz “Inscrição”, preencha os campos em falta e, no final, clique em "Submeter inscrição na Ação - Inscrever"

Irá aparecer a seguinte indicação: "Sucesso: o seu registo foi submetido com  sucesso"

 

4. Se tiver dificuldades no seu registo na plataforma ou na sua inscrição, peça, por favor, ajuda a um colega mais experiente ou então contacte o CFAEBS.

Email: formacaobragasul@gmail.com

Telef: 253611277 ou 932769430 

Com os meus cumprimentos,

 

A Diretora do Centro de Formação BragaSul,

 

Ana Paula Vilela

_________________________________

URL: http://www.cfaebragasul.com

Email: cfbragasul@gmail.com

 

 

Ação de Curta Duração - SEXTA DESIGUAL

Avaliação das Aprendizagens em contexto de

autonomia e flexibilidade curricular

Certos que a avaliação das e para as aprendizagens é o cerne do sistema de educação e que é através deste subsistema que se alavancam as mudanças que se requerem para a escola, o Colégio Dom Diogo de Sousa propõe a seguinte Ação de Curta Duração (ACD), a qual vai ser orientada pela Drª Antonieta Lima Ferreira, Adjunta d Gabinete da Secretaria de Estado da Educação.

 

Designação da ACD: “Avaliação das Aprendizagens em

Contexto de Autonomia e Flexibilidade Curricular.”

Cronograma: dia 7 de junho de 2019

Duração: 3 horas

Horário: das 14h00m às 17h00m.

Destinatários: Docentes  de todos os grupos de recrutamento (elementos da Direção da AE, Coordenadores de Departamento e dos Diretores de Turma.

Formadora: Antonieta Lima Ferreira, Adjunta do Gabinete da Secretaria de Estado da Educação.

Local: Colégio Dom Diogo de Sousa

INSTRUÇÕES PARA PROCEDER À SUA INSCRIÇÃO NAS AÇÕES DE CURTA DURAÇÃO (ACD).    

1. Para proceder à sua inscrição deve, em primeiro lugar, registar-se na plataforma do Centro de Formação Braga/Sul,  fazendo LOGIN, caso ainda o não tenha feito. O segundo passo é inscrever-se na ACD.

2. Para efetuar o seu registo na plataforma (caso ainda o não tenha feito), carregue no seguinte link e preencha os campos na qualidade de “DOCENTE”, procedendo ao LOGIN: https://www.centrus4.com/cfaebragasul/

3. Para proceder à inscrição na referida ACD, no canto superior direito (na barra de cor azul turquesa) aparecerá o seu nome, onde deverá clicar, aparecendo depois a indicação de “Ações de Curta Duração”. Procure a ACD " Avaliação das Aprendizagens”,  passe o cursor por cima da imagem e Clique em “VER AÇÃO” onde constam todas as restantes informações referentes à ação.

Depois, onde diz “Inscrição”, preencha os campos em falta e, no final, clique em "Submeter inscrição na Ação - Inscrever"

Irá aparecer a seguinte indicação: "Sucesso: o seu registo foi submetido com  sucesso"

 

4. Se tiver dificuldades no seu registo na plataforma ou na sua inscrição, peça, por favor, ajuda a um colega mais experiente ou então contacte o CFAEBS.

Email: formacaobragasul@gmail.com

Telef: 253611277 ou 932769430 

Com os meus cumprimentos,

 

A Diretora do Centro de Formação BragaSul,

 

Ana Paula Vilela

URL: http://www.cfaebragasul.com

Email: cfbragasul@gmail.com

Autonomia e Flexibilidade Curricular como

oportunidade de construção de uma escola para todos

 

A recente produção legislativada do XXI governo  constitucional referente ao processo de construção da Autonomia e Flexibilidade Curricular a implementar nas Escola, considera fundamental que as aprendizagens dos alunos sejam cada vez mais significativas e contextualizadas, desafiando as escolas, os professores e os alunos a desenvolver competências multidisciplinares e reforçando a confiança nas suas capacidades.
A tónica das mudanças considera o aluno o centro do processo
do ensino e das aprendizagens, motivando-o, assim, para o sucesso escolar e educativo pretendido através do desenvolvimento da inovação, da criatividade, do trabalho colaborativo, da resolução de problemas e da avaliação formativa aplicada às aprendizagens, privilegiando-se o desenvolvimento de competências como resultado da  aquisição e valoração dos conhecimentos, capacidades e atitudes, com vista a alcançar o Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória.

Esta Ação de Curta Duração pretende fomentar a reflexão sobre este processos que se pretendem essencialmente dinâmicos.

     Data: 19 de fevereiro - 17:30

     Local: Colégio Dom Diogo de Sousa

     Oradora: Prof. Doutora Ariana Cosme

Ação de Curta Duração 

Workshops  - Questões sobre Práticas inclusivas:

novo enquadramento legal 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As WORKSHOPS que propomos, na modalidade de Ação de Formação de Curta Duração (ACD), no âmbito da Educação Inclusiva com um pendor essencialmente prático para se poder refletir sobre casos práticos relacionados com a operacionalização do  DL nº 54/2018 de 6 de julho, vão começar em breve.

 

Destinam-se a TODOS os Educadores e Professores de todos os grupos de recrutamento e níveis de ensino, preferencialmente, aos Diretores de Turma, os professores titulares e os elementos das equipas multidisciplinares.

 

Vamos realizar 3 turmas, com datas diferentes, com dois formadores muito experientes para que os colegas possam escolher a data da Workshop que lhes pareça mais conveniente, até a um número limite por workshop, que se for ultrapassado não permitirá mais inscrições.

 

Designação da ACD:

Workshop I  - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal – Dia 4 de dezembro (terça-feira) das 18h30 às 21h30

Workshops II - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal  – Dia 6 de dezembro (quinta-feira) das 18h30 às 21h30

Worksops III  - Questões sobre Práticas inclusivas: novo enquadramento legal – Dia 7 de dezembro (sexta-feira) das 18h30 às 21h30

Aceder aqui à ficha de inscrição

Duração:  de 3 horas

Destinatários: TODOS os professores de todos os grupos de recrutamento e níveis de ensino, preferencialmente os Diretores de Turma, os professores titulares e os elementos das equipas multidisciplinares.

Formadores: Maria Luisa Campos e João Pereira

Local: Escola Secundária D. Maria II

 

Ação de Curta Duração - SEXTAS AO CENTRO

CICLO DE ENCONTROS TEMÁTICOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O CFAE Braga/Sul pretende dar continuidade aos ciclos de encontros temáticos e conferências que decorrem em torno de um ou diversos temas que demonstrem ter interesse para a comunidade escolar e educativa. Estes Encontros decorrem, habitualmente, às sextas-feiras, e destinam-se à comunidade educativa em geral e, em particular, a Educadores e Professores de todos os ciclos e níveis de ensino, independentemente do grupo de recrutamento a que pertencem.


Pretendemos propiciar o convívio, a socialização e a possibilidade de desenvolvimento pessoal e profissional através de abordagens emergentes e debates reflexivos, esclarecedores e sempre inovadores, em temáticas educacionais de interesse para a comunidade escolar, quiçá educativa.


Este ano, as Sextas Ao Centro denominam-se “Quais os desafios atuais na escola? Mudanças, exigências e responsabilidades na demanda da comunidade escolar/educativa” e decorrem da recente produção legislativa deste XXI governo constitucional referente ao processo de construção e desenvolvimento da Autonomia e Flexibilidade Curricular (Decreto-Lei n.o 55/2018, de 6 de julho), possibilitando mudanças organizacionais e pedagógicas com a finalidade de alcançar aprendizagens significativas e contextualizadas, suportadas por documentos curriculares que definem as Aprendizagens Essenciais a realizar por todos os alunos e, tendo como referencial a perseguir, o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.


A Educação Inclusiva constitui outro dos pilares basilares nas mudanças que se preconizam (Decreto-Lei n.o 54/2018, de 6 de julho), estabelecendo os princípios e as normas que garantam a inclusão, respondendo à diversidade, necessidade e potencialidades de todos os alunos e de cada qual.


A Educação para a Cidadania e as vivências cidadãs dos alunos nos respetivos Agrupamentos de Escolas é outro dos pilares que pretendemos explanar nestes encontros, de molde a formar cidadãos mais ativos, participativos, interventivos e adaptados às mudanças societárias do séc. XXI.


Tal como sugere a imagem do polvo estilizado neste panfleto (da autoria de Cidália Freitas do AE D. Maria II, Braga), pretendemos estabelecer “leituras cruzadas” relativamente aos conceitos que consideramos basilares à reflexão e à concretização de projetos de gestão e desenvolvimento curriculares, nas comunidades escolares e educativas, que promovam o sucesso pleno dos alunos, a saber:


      Perfil dos Alunos à saída do Ensino Básico
      Autonomia e Flexibilidade Curricular
      Aprendizagens Essenciais
      Domínio de Autonomia Curricular (DAC)
      Educação Inclusiva
      Educação para a Cidadania
      Projetos de Desenvolvimento Curricular
      Gestão Curricular

Ana Paula Vilela
(Diretora do CFAE Braga/Sul)

Ação de Curta Duração 

Avaliação das Aprendizagens

 

A recente produção legislativa do XXI governo constitucional sublinha a necessidade de se introduzir nas escolas uma nova filosofia de avaliação das aprendizagens, nos ensinos básicos e secundário, assente, fundamentalmente, entre outras, na introdução recorrente da modalidade de avaliação formativa e na diversificação dos instrumentos de avaliação. Se for bem planeada, a avaliação das aprendizagens, como recurso à regulação do ensino/aprendizagem, quer para alunos quer para docentes, é um recurso valioso para a ação educativa.

Colóquio Internacional Maria Ondina Braga:

Viagens e Culturas em Diálogo” a todos os Professores de português

(grupos de recrutamento 200, 210, 220 e 300) 

 

Este Colóquio vai decorrer no Museu Nogueira da Silva, em Braga, nos dias 3 e 4 de outubro, encontrando-se em processo de acreditação pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, na modalidade de Curso de Formação, com a duração de 13h, para os grupos de recrutamento 200, 210, 220 e 300.

Ação de Curta Duração 

Aprendizagens Essenciais no Contexto de Projetos

de Flexibilização e Inovação

 

Sendo unanimemente reconhecido que há um problema de extensão dos documentos curriculares, as aprendizagens essenciais são o conjunto essencial de conteúdos, capacidades e atitudes, com vista à prossecução dos seguintes objetivos: consolidar aprendizagens de forma efetiva; desenvolver competências que requerem mais tempo (realização de trabalhos que envolvem pesquisa, análise, debate e reflexão); permitir efetiva diferenciação pedagógica na sala de aula e a avaliação formativa. A consideração do perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória e a adopção de um currículo integrado, flexível, dinâmico, interidcisplinar e inovador, sustentado na metodologia de trabalho de projeto, são os ingredientes para o desenvolvimento do currículo em ação.

Ação de Curta Duração 

Aprendizagens Essenciais no Contexto de Projetos de Flexibilização e Inovação

Sendo unanimemente reconhecido que há um problema de extensão dos documentos curriculares, as aprendizagens essenciais são o conjunto essencial de conteúdos, capacidades e atitudes, com vista à prossecução dos seguintes objetivos: consolidar aprendizagens de forma efetiva; desenvolver competências que requerem mais tempo (realização de trabalhos que envolvem pesquisa, análise, debate e reflexão); permitir efetiva diferenciação pedagógica na sala de aula e a avaliação formativa. A consideração do perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória e a adopção de um currículo integrado, flexível, dinâmico, interidcisplinar e inovador, sustentado na metodologia de trabalho de projeto, são os ingredientes para o desenvolvimento do currículo em ação.